Jericoacoara

Dezembro tem Festival de Choro de Jericoacoara

Choro Jazz

Música maravilhosa em um lugar maravilhoso. Um Festival de Choro nas paradisíacas praias de Jericoacoara no Ceará. Aproveite as promoções de passagens aéreas para ir também. Acontecerá de 03 a 08 de dezembro em Jericoacoara, com alguns shows de 28 a 30 em Fortaleza. Mais não digo, pois apenas morro de inveja de amigos que voltaram maravilhados. Deixo apenas com vocês o sítio oficial do Festival de Choro, uma mostra de fotos do festival do ano passado, e a descrição feita por um frequentador assíduo. Com a palavra, meu amigo Fábio Liberal:

Durante seis dias, a rotina é assim: no palco armado na praça principal, pelo menos dois shows por noite, com clima de quermesse em cidade do interior; de manhã e à tarde, dezenas de oficinas dos mais variados instrumentos e estilos; ao entardecer, após as oficinas, roda de choro; no fim da noite, basta seguir o som e descobrir as jam sessions que ocorrem a todos os lados. Para ser melhor, só se tudo isso for de graça. E é!

Desde 2009, na primeira semana de dezembro, músicos consagrados e amadores de todas as partes do país – e do mundo – arrastam o pé na areia da paradisíaca Jericoacoara levando seus instrumentos para a atarefada agenda do Festival Choro Jazz. O ambiente informal permite uma troca de experiências privilegiada para quem quer aprender com os grandes músicos ou para quem quer apenas curtir música da melhor qualidade num dos lugares mais bonitos do mundo.

Já passaram pelo palco ou pelas oficinas do Festival instrumentistas do naipe de Hermeto Pascoal, Raul de Souza, Zé Menezes, Trio Madeira Brasil, Hamilton de Holanda, Yamandú Costa, Cristóvão Bastos, Arismar do Espírito Santo, Alessandro Pennezzi, Oscar Bolão, Filó Machado, Roberta Valente, além dos internacionais Richard Galliano, Gabrielle Mirabassi, o venezuelano Ensamble Gurrufío, e de representantes da canção, como Ivan Lins, Joyce Moreno, Guinga, Mônica Salmaso e a Velha Guarda da Portela.

O Festival sacode a cidade e já gerou importantes frutos, como a Escola Choro Jazz, que oferece cursos regulares de instrumentos para a população local e já tem formado músicos de toda a região. A Escola funciona à custa de colaborações as mais diversas e atrai para suas salas de aula gente que vem de longe, às vezes em condições precárias. É empolgante ver a apresentação dos alunos da Escola em uma das noites mais interessantes do Festival. Várias campanhas são feitas para angariar fundos e instrumentos.

Neste ano, a programação de shows terá Renato Borghetti Quarteto, Luciana Rabello, Alegre Corrêa, Laércio de Freitas, Louise Wolley Septeto (SP), Nonato Luiz, Túlio Mourão, Gilson Peranzetta e Mauro Senise, o trompetista de Nova Orleans Terrence Blanchard e, para o encerramento, João Bosco, Zé da Velha e Silvério Pontes.

Por Paulo Eduardo Neves

Fonte: Samba-Choro

Compartilhe

  • Facebook
  • Twitter
  • LinkedIn
  • Tumblr
  • del.icio.us
  • Orkut
  • MySpace
  • Digg
  • Google Bookmarks
  • RSS

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

* Copy This Password *

* Type Or Paste Password Here *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Ad
  • Marca Brasil
  • Marca Ceará
  • EMBRATUR
  • ABAV
  • Travel Authenticated