Jericoacoara

Maior Escavação do Brasil procura Pterossauro no Ceará

Pesquisadores cearenses iniciaram esta semana a maior escavação paleontológica do Brasil em busca dos animais gigantes. A escavação acontece no Geossítio Parque dos Pterossauros, em Santana do Cariri, na Região do Cariri Cearense.

Pteranodon Hharder

A escavação integra o projeto de pesquisa “Estudos Sistemáticos e Paleoecológicos da Fauna de Vertebrados das Formações Crato e Romualdo da Bacia do Araripe”. O coordenador da pesquisa, Álamo Feitosa, diz que “o trabalho poderá revelar novas surpresas, por meio da nova etapa de escavações. A área tem uma grande incidência de fósseis, principalmente peixes”.

Estão trabalhando nas escavações dez pesquisadores. Iniciada há dois anos, a pesquisa já foi responsável por achados de destaque no cenário científico internacional, a exemplo de um dos maiores pterossauros já achados no planeta, o “Tropeognathus mesembrinus”. O réptil foi apresentado em março deste ano, no Museu Nacional do Rio de Janeiro, por pesquisadores da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) e da Universidade Regional do Cariri (Urca). O réptil voador foi encontrado em 2011, primeiro ano do trabalho, iniciado com 20 pesquisadores da Universidade Federal do Pernambuco (UFPE), Urca e Museu Nacional, com apoio do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq).

O Tropeognathus significa “Mandíbula em forma de quilha”. “Este animal viveu há aproximadamente 110 milhões de anos, durante o período Cretáceo, no Nordeste brasileiro. O fóssil possui 8,5 metros de envergadura e cerca de 70 quilos. Outro achado inédito é uma espécie de camarão, único já registrado no mundo.

O maior achado da espécie foi encontrado na província de Liaoning, na China. Trata-se do Yutyrannus Huakk (belo tirano com penas). Ele viveu no período Cretáceo Inferior. Os filhotes deveriam pesar cerca de meia tonelada, e o exemplar adulto pode ter alcançado 1.400 quilos e nove metros de comprimento, dimensões que o transformam no maior animal com penas que já existiu. Todos os novos achados dessa nova escavação no Cariri Cearense vão para o Museu da Paleontologia de Santana do Cariri. O local possui um acervo de mais de nove mil peças, dentre as quais cerca de 1.500 expostas para visitação.

Compartilhe

  • Facebook
  • Twitter
  • LinkedIn
  • Tumblr
  • del.icio.us
  • Orkut
  • MySpace
  • Digg
  • Google Bookmarks
  • RSS

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

* Copy This Password *

* Type Or Paste Password Here *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Ad
  • Marca Brasil
  • Marca Ceará
  • EMBRATUR
  • ABAV
  • Travel Authenticated